sexta-feira, 9 de março de 2012

Tudo muda o tempo todo no mundo...

Atenção novos aplicantes!!!
Hoje vi na CBQ que agora quem enviar a DCS deverá preencher mais um formulário: http://www.immigration-quebec.gouv.qc.ca/publications/fr/dcs/documents-dcs-fr-dyn.pdf .
Detalhe: este formulário fala que os documentos que não estiverem em inglês ou francês deverão ser traduzidos e exige vários documentos com cópias autenticadas. Preparem os bolsinho$!
Segue o link de um blog com informações http://elblog.artim.ca/tramites-migratorios/oficina-de-inmigracion-de-quebec-en-mexico-ahora-requiere-traducciones/ . Achei ótimo o post e os comentários, principalmente a dica de autenticar as traduções das certidões que também serão solicitadas no processo federal.

Para ajudar a passar o tempo, já que ninguém sabe quando ocorrerão novas entrevistas, resolvi refazer exercícios de francês dos meus materiais antigos. Estou digitando no Word, se alguém se interessar, deixe o email, que eu encaminho.

E mais uma coisa, liguei hoje numa escola de francês (Performance Idiomas) para me informar sobre o TCF-Q e soube que eles realizam a prova todos os meses e que o custo é menor que o cobrado pela Aliança Francesa. Confirmei que a escola é credenciada pelo CIEP. É uma ótima opção para quem mora em Curitiba.

E seguimos esperando, sem saber muito bem o que dizer quando nos perguntam do processo, do Canadá, quando iremos... falta tanto ainda!!!

14 comentários:

  1. Carol, já me manda aê teus exercícios pra eu e meu marido praticarmos! que coisa essa " novidade".. e enquanto isso, pas d'entrevue não é??? beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, enviei.
      Vamos estudar para passar o tempo!

      Essa novidade será mais uma surpresa para os que acabaram de fazer o TCF, pois agora tem que traduzir e autenticar! Imagina o custo disso! Mas acho que mais CSQs serão enviados pelo correio, e aí compensa gastos com passagem, hotel, taxi... vamos ver como será!

      E vc viu este TCF-Q mais barato? Estou pensando em fazer em abril e enviar pro México se eu conseguir me sair bem...

      beijos

      Excluir
    2. Carol, não vi esse TCF, qual é????aqui em Curitiba?

      Excluir
    3. É o TCF-Q, aqui em Curitiba, numa escola que se chama Performance Idiomas. Custa R$220,00 e terá dia 4 e 25 de abril. Estou pensando em fazer, pois pode ajudar no processo.

      Excluir
  2. Carolina, que loucura tudo isso, heim?

    Tem horas que eu realmente não sei o quanto eles realmente querem ou precisam de novos imigrantes. Nos desgastamos e gastamos tanto com o processo, que nossa vida no Canadá só tende a ser mais complicada, e com dinheiro cada vez mais curto...

    A notícia é ruim sim, mas eu só paro quando tiver com esse visto na mão. rs..

    Abraços, e sucesso para todos nós!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A parte boa é que com toda essa documentação, mais exames de proficiência, os CSQs devem ser enviados por correio. Aí economiza com a viagem a SP. E pode ser mais rápido também.

      Vai dar tudo certo!!! Qdo menos esperar, já estará com o visto!

      bjos

      Excluir
  3. Pessoal, este formulário em formato de check list e este novo requisito de enviar traduções juramentadas e copias autenticadas está muito semelhante ao processo de imigracao feito em sua totalidade no federal quando se pretende imigrar para outras províncias do Canadá. Este processo federal não realiza entrevistas. Um dos motivos da entrevista para o processo do Québec era a conferencia de documentos originais. Será que esta mudança não é um sinal de que entrevistas não serão mais realizadas e também uma confirmação dos boatos que estão rolando sobre as províncias ter autonomia nos seus processos? Somente aguardando os próximos capítulos mesmo. Tudo muda o tempo todo mesmo! Abraços e boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. T&T, obrigada pela visita!
      Eu acho que é bem por aí mesmo. Fecharam escritórios, passaram a bola para os candidatos provarem que estão aptos, com documentos com autenticidade comprovada, exames de proficiência... assim, não será mais necessário entrevistas. Teremos que gastar mais, mas se a pessoa preenche os requisitos, não tem o que possa dar errado.
      Li que somente documentos em espanhol e português eram aceitos sem tradução para inglês ou francês. Então os demais candidatos de outros países já tinham que traduzir tudo.
      Outra questão levantada foi que com traduções, mais funcionários poderão analisar nossos processos, já que nem todos sabem português. Mais um ponto a favor da agilidade.
      Vamos torcer e boa sorte para todos nós!

      Excluir
  4. Legal esse lance de ter outras escolas que aplicam o teste. Bom pra galera daí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniel!
      Pois é, estou até pensando em fazer o TCF-Q nesta escola. Na minha carta de abertura também não nos pediram os exames, mas vai que consigo um resultado que possa ajudar...

      Excluir
  5. O único detalhe é que se não me engano (quase certeza que li isso no site do TCF, acho que foi no Manuel du candidat TCFQ) quando você faz o TCFQ o resultado da sua prova também é enviada pro governo do Québec. E sei lá como eles tratam isso.
    Se no seu caso você não precisa de comprovar o nível com o teste (mandou sua documentação antes da mudança de regras) talvez não seja legal fazer o TCFQ. Dá uma pesquisada sobre isso.

    Abraço dOsCunha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ajudar se a nota for boa... se for ruim, prefiro não enviar...
      Vou procurar saber sobre isso!
      Obrigada pela dica!

      Excluir
  6. Olá Tudo bem?
    Vou da uma olhada nas novas regras pois vou mandar mais pro fim do ano. Pode me mandar os exercícios?
    manupessoa@gmail.com
    Obrigada. Bjs Manu

    ResponderExcluir
  7. Olá, Manu! Obrigada pela visita!
    Enviei para o seu email os exercícios de francês.
    Bonne Chance!

    ResponderExcluir